Em meio há uma discussão, Anivaldo insulta seu amigo Rogério.
Você deveria ter feito o que lhe pedi, fala Anivaldo para Rogério em tom grave e alto.
Rogério contendo-se para não responder a altura fica ouvindo os desabafos de seu amigo, lembrava naquele momento de fúria, o quanto eram amigos e por isso evitava responder.
No entanto Rogério sabia que errou, mas agora a única coisa que lhe restava era resolver o ocorrido, tinha plena convicção que retrucar não iria resolver nada.
Anivaldo continuava dizendo, Rogério, pedi à você porque sei de sua responsabilidade e compromisso com suas tarefas, mas logo agora você foi falhar comigo.
Rogério já não aguentava mais ouvir tantas coisas naquele tom alto e raivoso. Decidiu que iria resolver o problema que acabou ocasionando, mas antes de agir perguntou ao seu amigo Anivaldo o que era mais importante.
Anivaldo?- Fale Rogério.
Meu amigo, sei que estais bravo comigo e entendo sua posição, mas antes de continuarmos com esta discussão estamos esquecendo do principal.
E qual é o principal Rogério? O que é tão importante assim?
Rogério em tom suave e amigável responde:

Amigo o mais importante é solucionar o problema, o culpado você já sabe que sou eu, mas o problema continua sem ser solucionado.

(Fernando Lapolli)

..........Próximo
Anterior..........