Havia um homem muito rico que possuía muitos bens, e um único filho,
seu herdeiro, que gostava de fazer festas e estar com seus amigos,
e nunca ouvia os conselhos de seu pai.
Um dia, o velho pai, já avançado em idade, disse aos seus empregados
para construírem um pequeno celeiro.
Dentro dele, o próprio pai fez uma forca e, junto a ela, uma placa com
os dizeres:
Para você nunca mais desprezar as palavras de teu pai.
E disse ao filho, eu já estou velho e, quando eu partir, você tomará
conta de tudo…
Talvêz você deixe a fazenda nas mãos dos empregados, venda todos os
bens para se sustentar e gaste tudo.
E quando não tiver mais nada, teus amigos se afastarão de você, e só
então se arrependerá amargamente de não ter dado ouvidos a teu pai.
Foi por isso que construí esta forca, ela é para você !
Quero que prometa que, se acontecer o que eu disse,
você se enforcará nela.
O jovem riu, achou um absurdo, mas, para não contrariar o pai,
prometeu, pensando que isso jamais pudesse acontecer.
O tempo passou, o pai morreu, e seu filho tomou conta de tudo, mas,
assim como seu pai havia previsto, o jovem gastou tudo, vendeu os
bens, perdeu os amigos e até a própria dignidade.
Desesperado e aflito, começou a refletir sobre sua vida e viu que havia
sido um tolo.
E Lembrou-se das palavras do seu pai.
Pesaroso, o jovem levantou os olhos e avistou o pequeno celeiro.
A passos lentos, dirigiu-se até lá e entrando, viu a forca e a placa
empoeiradas, e então pensou:
Eu nunca segui as palavras do meu pai, não pude alegrá-lo quando
estava vivo, mas, pelo menos desta vez, farei a vontade dele, vou
cumprir minha promessa.
Não me resta mais nada…
Então, ele subiu nos degraus e colocou a corda no pescoço, e pensou:
Ah, se eu tivesse uma nova chance…
Então, se jogou do alto dos degraus e, por um instante, sentiu a corda
apertar sua garganta…
Mas o braço da forca era oco e quebrou-se facilmente e o rapaz caiu
no chão.
Sobre ele caíram jóias, esmeraldas, pérolas, rubis, safiras e brilhantes,
a forca estava cheia de pedras preciosas e um bilhete.
Nele estava escrito:
Esta é a tua nova chance.
Com amor, teu velho e já saudoso pai.

Deus é exatamente assim.

Quando nos arrependemos, Ele sempre nos dá uma nova chance.

..........Próximo
Anterior..........