Imagem 1 -Que tal conjugar as férias com o aprendizado de História no local em que os fatos aconteceram? Um bom destino pode ser a Itália. Visite o complexo do Coliseu para ter noção do poderio que tinha o Império Romano. Há ainda o Circo Máximo, onde eram realizadas as corridas de bigas, e o Fórum Romano, onde há ruínas de várias construções públicas do Império.

Aproveite para visitar o Vaticano, para entender o poder da Igreja ao longo da História. “Ela se tornou uma instituição universal e poderosa partindo de uma pequena cidade. Aproveitou a situação romana para levar o cristianismo para o mundo”.

Coliseu na Itália

Imagem 2 -Também na Itália, conhecer a cidade que foi engolida pelo Vesúvio permite ver o esquema arquitetônico da época do Império Romano. “Em Pompeia, não houve construção de nada em cima. Existem casas com pinturas de época conservadas”.

Veja toda a região da cidade antiga. Mas vá preparado para ver corpos petrificados.

Pompeia ou Pompeios foi outrora uma cidade do Império Romano

Imagem 3 -Conheça a Alhambra, conjunto de palácios que foi o último reduto muçulmano da Península Ibérica. “Você vai entender o processo da diferenciação da cultura do sul da Espanha”. Dá para compreender melhor o período de ocupação dos mouros na região, que durou oito séculos, até o final do século 15.

Observe a arquitetura mais aproximada da cultura moura, com abóbadas e geometria que imita formas naturais.

Alhambra, conjunto de palácios que foi o último reduto muçulmano da Península Ibérica

Imagem 4 -Assim como Granada, Sevilha é uma cidade importante para entender o período de ocupação muçulmana da Península Ibérica.

Visite principalmente La Giralda, torre de arquitetura muçulmana anexada à Catedral de Sevilha, que é católica. “Mostra bem a miscigenação cultural com a cultura cristã que os muçulmanos incentivavam na região”.

Servilha

Imagem 5 -Compreenda melhor o que possibilitou Portugal a descobrir o Brasil. Visite o Monumento aos Descobrimentos, à margem do Tejo e em frente à Torre de Belém, de onde partiam as caravelas. “Você enxerga um dos pontos mais ocidentais da Europa e entende o espírito português ligado aos mares”.

Conheça ainda o Mosteiro dos Jerónimos, local onde havia uma biblioteca de livros de cultura renascentista que só estavam acessíveis ao clero.

Aproveite para passar por Óbidos, cidade localizada a 80 km de Lisboa. “É uma cidade parada no tempo”. O estilo arquitetônico é bastante próximo ao original da Idade Média. A Feira Medieval da cidade é bastante conhecida.

Monumento aos Descobrimentos

Imagem 6 – A região da Avenida Champs-Élyssées é mais do que suas lojas de luxo. “Paris conta a história do século 19”.

Visite o local para entender a importância do Napoleão, tanto o 1º quanto o 3º, na construção de Paris. O Arco do Triunfo, por exemplo, relembra as conquistas napoleônicas.

A história do imperador ainda pode ser relembrada no mausoléu a Napoleão, em Invalides. Já a catedral de Notre Dame, além de ser famosa por sua arquitetura gótica, foi o local onde ele se auto coroou imperador.

Dê uma passada em Versalhes, que fica 27 km a sudoeste de Paris. Lá, você pode observar a grandeza e luxo do palácio construído por Luís 14. “Você entende por que a Revolução Francesa aconteceu”, diz Tiago. O professor aconselha ainda, a conhecer uma vila feudal construída para Maria Antonieta, que mantém até hoje essas características.

 Avenida Champs-Élyssées-París

Imagem 7 -Se você já estiver na França, aproveite para visitar Normandia, local onde foi decidida a Segunda Guerra no ocidente. O desembarque das tropas aliadas no Dia D ocorreu ao longo de 80 km de extensão litorânea da cidade, nas praias de Utah, Omaha, Gold, Juno e Sword.

Há ali o Cemitério Militar Americano, em homenagem aos mais de 9 mil soldados americanos mortos na guerra.

Cemitério Militar Americano-Normandia

Imagem 8 – Na capital alemã, relembre eventos importantes da ascensão nazista e da Segunda Guerra. O Portão de Brandemburgo, por exemplo, era onde eram comemoradas as vitórias de Hitler.

No Estádio Olímpico aconteceu a famosa vitória de Jesse Owens, negro americano, durante evento em que se pretendia provar a supremacia ariana.

Já o Memorial do Holocausto relembra a história dos judeus durante o período nazista.

Entenda o período da divisão do Muro de Berlim visitando o Memorial do Muro de Berlim e o Checkpoint Charlie, antigo posto militar entre a Alemanha Ocidental e Oriental. Há ainda a East Side Gallery, conjunto de pinturas em trecho antigo do muro, no lado oriental.

Portão de Brandemburgo

Imagem 9 -Na capital grega, visite principalmente a região da Acrópole. A principal atração é o Partenon, antigo templo da deusa Atenas, mas conheça também o templo de Zeus Olímpico, o maior da Grécia.

“Ele pode entender a grandeza dos tempos em relação às casas. Você tem um parâmetro para entender a importância que se dava à religião”.

Partenon, antigo templo da deusa Atenas

 Imagem 10 – Vá ao Lincoln Memorial e ao obelisco do Monumento a Washington. Faça o trecho que percorre o Congresso, Capitólio, Casa Branca e Lincoln Memorial, incluindo o obelisco do Monumento a Washington. “Mostra como os americanos dão valor aos heróis da pátria deles”.

Visite também à Biblioteca do Congresso, que possui extenso acervo. “Reza a lenda que os documentos que são supersecretos também estão lá”.

Biblioteca do Congresso em washington

Imagem 11 – Visite as Ruínas astecas da Cidade do México. “Você observa toda a cultura asteca e tolteca e faz um tour por toda a cultura pré-colombiana”.

Conheça os antigos templos e palácios, como o Templo Mayor, que era o prédio principal da cidade antiga de Tenochtitlán.

templo mayor cidade do méxico

Imagem 12 -Cusco e Machu Picchu são duas cidades bastante pequenas no Peru onde se pode observar ruínas do Império Inca.

Em Machu Picchu, particularmente, as construções são bem conservadas. “Os guias levam você ao local que consideravam o centro da religião do mundo”.

Antiga capital do Império Inca, Cusco, por sua vez, conta com ruínas não tão bem conservadas. É possível aproveitar a estrutura de Cusco para ficar lá e ir para Machu Picchu.

Antiga capital do Império em Inca, Cusco em Machu Picchu

 

Imagem 13 – Faça o passeio da Muralha da China para entender como se deu essa tática de defesa contra ataques mongóis.

Em Pequim, vá à Praça Vermelha, onde está o parlamento chinês. “Você vê toda a história da revolução não só socialista, mas também a cultural”.

Visite a Praça da Paz Celestial, o local da famosa foto do jovem parado em frente aos tanques chineses. Você pode relembrar a história das manifestações estudantis da década de 80.

 Muralha da China

Imagem 14 – Entenda melhor a história das principais religiões ocidentais no berço delas. “É uma miscigenação enorme de cultura judaica, muçulmana e cristã”.

Você pode visitar o Muro das Lamentações, local mais sagrado para os judeus, a Mesquita Al-Aqsa, terceiro local sagrado para o islã, e a Basílica do Santo Sepulcro, no local onde Jesus teria sido crucificado.

 Muro das Lamentações

Imagem 15 –  Mostra o horizonte da Cidade de Nova Iorque (EUA) em Dia de Lua Cheia

imagem15

 

..........Próximo
Anterior..........