Ao contrário do que muitos pensam, o gergelim não serve somente como enfeite para pães e saladas. Na verdade, essa semente é uma excelente fonte de nutrientes como cálcio e proteínas. Além disso, é rico em fibras insolúveis que auxiliam na regularização do trânsito intestinal e proporciona uma sensação de saciedade.

O gergelim é um dos componentes da ração humana .Muito nutritivo e saudável, pode ser encontrado em casas de produtos naturais e mercados em diversas formas como o gergelim cru e sem casca; o gergelim torrado com casca; cru e com casca; óleo de gergelim natural ou torrado e também o creme / pasta de gergelim chamado tahine.

Para se ter uma ideia do poder e importância da semente do gergelim, os vegetarianos utilizam amplamente este alimento devido o seu elevado teor de proteínas, cálcio e gorduras essenciais como as polinsaturadas: ácido linoleico e ácido linolênico.

O gergelim na prevenção de doenças coronarianas

A semente do gergelim possui ácidos graxos essenciais, isto significa que possui gorduras benéficas ao organismo. Essa gordura ajuda a manter o colesterol sanguíneo dissolvido o que evita que este se deposite nas paredes das artérias, portanto, o gergelim, assim como a semente da linhaça, também atua na proteção do coração.

Auxiliar nos regimes de emagrecimento

Por ser rica em fibras, a semente do gergelim, quando consumida, ajuda a manter a sensação de saciedade, ou seja, você demora mais a sentir fome, o que dá a possibilidade de cortar alguns “lanchinhos” hipercalóricos feitos fora de hora. Por isso, pode-se dizer que o gergelim pode auxiliar em dietas para perda de peso. Além da saciedade, as fibras são ainda responsáveis por regularizar ou melhorar o funcionamento do intestino.

Uma boa dica para quem deseja iniciar uma dieta para perda de peso e deseja aproveitar os benefícios do gergelim é utilizar o tahine. Acrescente em seu café da manhã uma colher de sobremesa do creme de gergelim junto a uma fatia de pão integral. Essa simples dica somada a uma alimentação equilibrada e bem distribuída ao longo do dia, além da prática de atividades físicas regulares – mesmo que pouco intensas, como uma caminhada – além de eliminar as “gordurinhas” indesejadas, certamente lhe ajudarão a encontrar uma vida muito mais saudável.

A origem do gergelim

Desde antes de Cristo o gergelim é amplamente utilizado em países árabes e no continente asiático na Índia, China e Japão. Não é certo de qual continente a semente é originária, se da Ásia ou da África. Sabe-se que foram os portugueses que trouxeram a semente para o Brasil por meados do século XVI.

Gergelim é o nome brasileiro para esta semente, entretanto é também chamado de sésamo, que vem de seu nome científico Sesamum indicum.

Tipos de Gergelim

Normalmente encontram-se as sementes claras do gergelim, mas também existem as escuras. O gergelim preto, é mais comumente utilizado para fins medicinais e muito utilizado no preparo de uma mistura conhecida como gersal (gergelim + sal) que é um tipo de tempero utilizado em saladas, sopas, arroz e cremes, mas que é muito benéfico ao organismo humano. O gersal ajuda a diminuir a acidez do sangue, além de que proporciona uma melhoria nos reflexos e a atividade cerebral e até mesmo a fortalecer a pele.

Não deixe de começar a consumir o gergelim em sua alimentação saudável!

..........Próximo
Anterior..........